Gestão

Estrutura organizacional com as instâncias de decisão

São órgãos normativos, deliberativos e consultivos:

  1. O Conselho Superior – CONSUP – órgão normativo, consultivo, deliberativo e recursal superior, responsável pelas políticas educacionais nos planos acadêmico, administrativo, disciplinar, orçamentário e patrimonial, bem como atividades de ensino/aprendizagem, extensão e iniciação científica, nas diferentes modalidades educacionais.
  2. Colegiados de Curso, órgãos deliberativos e consultivos dos cursos, em matéria de ensino/aprendizagem.
  3. Núcleo Docente Estruturante – NDE, implantado por força da Resolução nº 01/2010 da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES), tem atribuições acadêmicas de acompanhamento, atuante no processo de concepção, consolidação e contínua atualização do projeto pedagógico do curso.

 São órgãos de gestão de nível executivo, de apoio institucional e de fiscalização:

  1. Diretoria, órgão executivo e de fiscalização, gestora do Plano de Desenvolvimento Institucional, Orçamento, Plano de Custos, Projeto Pedagógico Institucional, Planejamento Estratégico.
  2. Coordenação de Curso, órgão executivo e de apoio institucional responsável pela execução e manutenção dos projetos pedagógicos dos cursos oferecidos pelas unidades de gestão da FPA.

São órgãos auxiliares da administração acadêmica:

  1. Assistência de Coordenação.
  2. Biblioteca.
  3. Laboratórios.
  4. Setor de Estágio.
  5. Secretaria Acadêmica.

Grupo Unis

Missão

"Formar pessoas socialmente responsáveis, nas diferentes áreas do conhecimento, contribuindo para o desenvolvimento das regiões em que atua".

Visão

"Até 2023, ser um grupo educacional empreendedor que, mediante práticas inovadoras e tecnológicas capazes de assegurar educação de qualidade, se destaca por oportunizar experiências internacionais à sua gente, visando prepará-la para uma nova economia."

Valores Institucionais

I. Prestabilidade - habilidade de entender os problemas e dificuldades dos outros e responder de forma positiva.
II. Excelência - capacidade de atingir a eficácia (resultados) através da melhor eficiência (processo) gerando a qualidade expectada.
III. Inovação - capacidade de implementar novas soluções que melhorem a excelência institucional.

Tweets

Galeria de Fotos